segunda-feira, 30 de maio de 2011

Cães vão salvar o mundo!

Essa música do Swedish House Mafia eu achei muuito legal, não só pelos cachorros lindos mas também pela filmagem que é SHOW!






Certeza que tudo que o Golden queria mesmo era um carinho do ladrão,mas tudo bem! ;D

terça-feira, 24 de maio de 2011

Brincando na praça!

Minha amigona Mari X. queria ver os truquezinhos do Simba,então nós fomos na praça perto de casa pra brincar um pouco!
e ela,muito prestativa, filmou pra gente,valeuu Mari!


Detalhe:eu preciso de uma petisqueira descente! hahua





domingo, 22 de maio de 2011

Fungos

Não sei quanto a vocês,mas quando eu comecei a fazer a matéria de microbiologia eu percebi que não tinha muita noção de como um fungo entrava no nosso organismo e causava as micoses ou como eles se reproduziam. Estudar sobre eles foi bem interessante então eu achei legal passar um pouco sobre o que é um fungo,já que,diferente de uma bactéria ou um vírus,ninguém dá muita importância para os fungos mas o que eu percebi é que eles podem provocar lesões horríveis,muitas vezes fatais.
Pra começar os fungos não são nem vegetais nem animais, são organismos eucariotos (diferente das bactérias e vírus),se alimentam de matéria orgânica,que pode ser a laranja na sua fruteira ou a sua pele.
Estão presentes no solo,na água,nos vegetais ou fazem parte das floras normais do organismo.
São muito importantes decompositores do material orgânico no solo e muitos estão adaptados a vida parasitária,e como tal conseguem burlar o nosso sistema imunológico.
Alguns possuem uma forma filamentosa,é só pensar no bolor,nesta forma o fungo emite Hifas que tem diversas funções,respiratória,sustentação,reprodução e etc. As hifas apresentam diversas morfologias.Outros fungos apresentam forma leveduriforme,normalmente arredondadas.Os fungos ditos Dimórficos apresentam ambas as formas.
Existem diversas maneiras de um fungo penetrar no nosso organismo,muitas vezes os fungos que causam doenças são dimórficos e nos contaminam em sua fase filamentosa e ao penetrarem o organismo se tornam leveduriformes.Existem aqueles que são inalados,outros  inoculados no organismo por arranhadura ou por secreções.
Os fungos causadores de patologias são divididos em Fungos Oportunistas e Fungos patogênicos.
A nossa pele é habitada por muitos microorganismos (fungos inclusive) que normalmente estão lá de maneira benéfica,mas caso haja uma queda do nosso sistema imunológico alguns desses fungos podem se proliferam demasiadamente,causando micoses.Esses são chamados Fungos Oportunistas.
Um bom exemplo é a Malassezia pachydermatis.Esta levedura faz parte da micro biota normal da pele de homens e animais mas é comum este fungo se proliferar na pele causando reações de Hipersensibilidade,devido à alergia,o que causa coceira no animal,muito comum também é a levedura se proliferar no conduto auditivo,podendo ser a causa das odiadas Otites.
Um fungo interessante é  o Sporothrix schenckii.Este é um fungo parasita acidental,encontrado principalmente no solo mas que pode causar lesões se for implantado na mucosa da pele por arranhaduras.As lesões podem ser bem feias,e estão restritas ao local de inoculação.Bastante comum em gatos por seu comportamento de afiar as garras nas árvores e depois brigar entre si.Pode também parasitar o seu humano,nesse caso é uma doença ocupacional,(jardineiros,veterinários e entre outros profissionais) e de donos de gatos com sporotricose.Caracterizando uma ZOONOSE.

Os fungos ditos patogênicos parasitam sem diferença ao estado imunológico do indivíduo.Podem causar sintomas sistêmicos,(principalmente pulmonares ou neurológicos) ou cutâneas.Para ilustrar estes tipo de micose temos a micose sistêmica de maior prevalência no Brasil em humanos,a Paracoccidioidomicose,causada por Paracoccidioides brasiliensis.
Esta é uma doença predominantemente da zona rural do país,acomete muitos agricultores quando estes trabalham na terra e inalam os esporos infecciosos,estes se tornam leveduriformes e vão para o trato respiratório,podendo causar lesão aí ou ser disseminados pela via hematogênica e vir a causar granulomas em diversos tecidos,gerando destruição celular,o  fungo pode também se implantar no tecido epitelial causando diversas lesões cutâneas.
Alguns fungos também liberam mico toxinas que podem contaminar alimentos armazenados de forma inadequada e ao serem ingeridos causam intoxicações bastante severas.
É importante comentar que as micoses são de difícil diagnóstico,normalmente não é o primeiro “chute” do Médico e nem do Médico Veterinário.São também de difícil tratamento,pela proximidade do fungo ao seu hospedeiro animal e muitas vezes os poucos produtos no mercado são tóxicos para o animal,além do tratamento ser caro e muito longo.

Melhor não entrar muito em detalhes já que esse post já ficou longo demais.
Parabéns pra você,fiel leitor,que chegou até o final!

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Show jumping!

Esse é pra vc Ref! =D
A Laura postou sobre Cat Agility no blog dela, http://adestramente.blogspot.com/2011/05/field-e-novos-horizontes.html
então quando eu vi esse video eu tive que posta aqui!
Acho que aqui todo mundo já conhece Agility:






Que é uma variação do original Show Jumping,com cavalos:






Mas Rabbit Agility??







ohwww!  Quem mais aqui quer um coelhinho depois dessa??  =D



terça-feira, 17 de maio de 2011

R.U. Para todos!






A partir da última quarta feira acontece aqui na UNESP de Botucatu uma Manifestação estudantil em prol do estabelecimento de um Restaurante Universitário no campus,a exemplo do que existe em outras faculdades públicas,como a UNICAMP (R$2,00) e USP (R$1,90) e alguns campus da UNESP.
Nós estudantes exigimos o estabelecimento de um Restaurante Universitário (RU) estatizado, subsidiado e sem terceirização que atenda estudantes, funcionários, professores e toda a comunidade que freqüenta o campus, com baixo custo e qualidade
Desde 2009 a UNESP de Botucatu não conta com Restaurante Universitário (R.U) ,segundo o GAC (Grupo administrativo do Campus), não houve abertura de nova licitação porque as empresas que gerenciavam o RU sempre faliam.Além disso, o prédio precisava de uma reforma no valor de R$400.000,00, valor que a UNESP alega não ter no momento.
Recentemente, foi aprovado pelo GAC que a FMB (Faculdade de Medicina de Botucatu) seria responsável pelo RU, onde também funcionaria o atual refeitório do hospital.
Segundo o GAC, o RU ficaria aberto a todas as pessoas. Porém, além da superlotação, a refeiçao sairia por R$8,00 (!). Muito acima do valor cobrado em outras universidades de SP.
É claro que ninguém ficou feliz com isso e estando todos nós, estudantes, cansados de comer lanche e de exigir o nosso restaurante por todos os fins burocráticos ,e não conseguir resposta nenhuma com isso,foi realizada,na última quarta feira uma Volta ao Campus,onde mais de 350 estudantes foram as ruas da faculdade reinvidicando o RU,gritando "Quermos RU,QUEREMOS RU!" 
"RU,ALIMENTAÇÃO,MAIS TRANSPARÊNCIA,MENOS OMISSÃO!" 
A manifestação teve o forte intuito de chamar,estudantes e funcionários,para um diálogo nas assembléias e assim podermos nos organizar.
Após a manifestação ocorreu uma Assembléia Geral com a pauta “ações imediatas” para decidir o rumo da luta pelo RU, e em seguida,por volta da uma hora da tarde, os estudantes de todos os cursos da UNESP – Botucatu ocuparam o Grupo Administrativo do Campus (GAC) entraram  176  estudantes no prédio.
No ato da Ocupação, a polícia invadiu o prédio tentando impedir os estudantes, porém, foram retirados devido a presença da mídia, que cobriu praticamente toda a movimentação, e pelo representante do presidente do GAC, diretor técnico administrativo, que iniciou uma negociação.
Os alunos se retiraram,porém foi aberto BO no nome de dois estudantes.
Alguns alunos dormiram em cabanas e colchões no local.
No dia seguinte houve uma assembléia com os diretores do GAC,porém na assembléia os diretores exigiram que fossem eleitos representantes para subir no prédio e discutir. nós queríamos que fosse uma REUNIÃO ABERTA,para que todos soubessem das medidas a serem tomadas,e o que exatamente estaria acontecendo na sala,infelizmente apesar dos muitos protestos isso não foi possível. 
Os diretores alegaram falta de verba para o projeto e se negaram a conversar abertamente conosco (estariam eles com medo? nossa intenção desde o começo era APENAS uma discussão firme e aberta)
Foram realizadas votações e outras assembléias com em torno de 300 alunos e foi determinado que paralisaríamos as aulas que deveriam acontecer a tarde e no dia seguinte (sexta feira).Saímos pelo campus pedindo aos professores para que devido à manifestação eles não dessem aulas.Felizmente a maioria nos apoiou e não tivemos aulas para que mais pessoas se reunissem às assembléias.
Na sexta feira o movimento foi pequeno devido às muitas pessoas que voltaram para suas cidades.
A manifestação continua,ainda não se foi resolvido muito,apesar de que apenas com a nossa volta ao campus já está certo que o prédio não passará para a medicina! 
Mostramos as nossas reinvidicações e não vamos parar até termos um RI que,afinal, é um direito nosso! 
“O prédio já era um restaurante particular e que está desativado a dois anos. A Unesp trata os estudantes como se fossem ricos, o que não é verdade. Muitos aqui estudam com muita dificuldade e são de diferentes camadas sociais ”, colocou Guerretta. 
Vulcano,nem todo mundo tem carro zero e dinheiro pra comer em restaurante particular todo dia!





sexta-feira, 13 de maio de 2011

SINTA 2011

Semana passada foi a nossa Semana de Integração Acadêmica,uma semana onde nós somos divididos em grupos de pessoas de todos os anos para planejarmos e apresentarmos projetos que tenham também a finalidade de integração dos universitários e a sociedade.
O meu projeto foi Impacto Ambiental na criação de peixes. Pra falar a verdade no começo achei que ia ser muito chato! mas acabei gostando muito por ter trabalhado com pessoas novas e conhecido novas áreas que antes eu não cogitava.
Nós acompanhamos também o grupo de inspeção de carne e fomos juntos para um super mercado (não vou citar nomes!) da cidade e dar uma de inspetor sanitário.
Vou dar uma dica pra voces! na dúvida,não comprem carne ou peixe se o lugar for mesmo de confiança!
encontraram carne estragada (verde inclusive) dentro da data de validade,detalhe,logo depois uma mulher comprou esta carne.
parasita na carne (não se deram nem mesmo o trabalho de tirar o parasita! não se iluda,normalmente eles tiram da sua carne na hora de vender) ,peixe com muita água,ou seja,estão vendendo água por proteína.
Interessante que no dia estavam lá inspetores sanitários que não sabiam nem identificar um peixe estragado!
Gostei muito da visita e me interessei pela área de inspeção sanitária,agora é conhecer mais sobre o assunto!
Fomos também conhecer a parte de piscicultura da faculdade,que fica na fazenda Lageado aqui em Botucatu e conhecer mais sobre os impactos ambientais e a criação de peixes.
também conhecemos a criação de Rã Touro da faculdade
Na nossa apresentação a minha amigona Vi fez um video suuper legal!
confiram!


Parabéns Vi!!

Mais Linguagem corporal

Continuando a falar sobre linguagem corporal e medo em cães achei essa imagem e esse videozinho da  Sophia Yin   
Achei muito legal e quis mostrar pra vocês!






Assista tbm esse videozinho super legal!
http://www.facebook.com/video/video.php?v=10150181147733718&oid=57794349244&comments

terça-feira, 10 de maio de 2011

Você sabe dizer quando seu cão está com medo?

Você já passou por uma situação de muito medo ou stress em que não conseguia nem raciocinar? sua boca ficou seca,começou a suar,tremer,ficou confuso,sem conseguir lembrar de nada?
Nossos cachorros também possuem um cérebro mamífero como o nosso e por isso sentem esses mesmos sintomas em uma situação estressante,e pior ainda,nós normalmente forçamos nossos animais a fazer o que queremos sem considerar seus sentimentos,não pensamos que eles não sabem o que vai acontecer com eles e quais são as intenções por trás!
O coração vai a mil por hora,não conseguem raciocinar,não conseguem aprender,voce pode ver marca das patinhas suando,perde controle emocional.
 É claro que é nessa hora que eles podem morder
Imagine agora esse cachorro numa sala cheia de pessoas estranhas,num ambiente estranho e sendo forçado a fazer algo,ou talves esse cachorro está numa clínica veterinária,imagine o estado mental de um cachorro muito assustado,como ele poderia deixar ser examinado?  Biscoitinhos ou intimidação iriam ajudar nessa situação? Acho difícil.
Li sobre isso aqui: http://fearfuldogs.wordpress.com/2011/05/02/critical-incident-stress-information/#comment-3113  quem quiser saber mais sobre medo em cães visite esse blog,é muito interessante!
Acho importante sabermos interpretar nossos cachorros para evitar expor eles a situações estressantes e ao mesmo tempo trabalhar seus medos para que sejam cães equilibrados e auto confiantes.
Para isso socialização desde filhotes é tudo! (mas isso é assunto pra um próximo post!)
Nossos cães estão todo hora tentando se comunicar conosco através do que a pesquisadora Turid Rugaas chama de "calming signals",que não são nada mais do que a linguagem corporal dos cães.
Quer aprender a falar "cachorrês" e entender quando seu cachorro está estressado?
 veja esta página do site da Turid! http://www.canis.no/rugaas/gallery.php

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Verme do Coração-Filariose

Prova de parasitologia chegando de novo e me deu inspiração pra falar (bem resumidamente) desse "verminho" temido por muitos! o "Verme do Coração"
O parasita responsável pela filariose é o Dirofilaria immitis,são vermes nematódeos (assim como a lombriga) que habitam as veias e coração de canídeos,o homem e o gato não são bons hospedeiros para o parasita.
As larvas infectantes para o cão são transmitidas por mosquitos (Anopheles,Aedes e Culex)
No lugar da picada há a inoculação de larvas infectantes imaturas que se desenvolvem nos tecidos abaixo da pele.Quando os vermes atingem o estágio maduro migram para a corrente sanguínea até o seu local de predileção,a Artéria pulmonar podendo atingir também os átrios e ventrículos.
Os vermes adultos se alimentam do endotélio das veias e geram larvas (ao invés de ovos) que chamam-se microfilárias,estas circulam pelo sangue e são ingeridas pelo mosquito quando este se alimenta do sangue dos cães infectados,o mosquito então fecha o ciclo ao picar e contaminar outros cães.
Os vermes causam inflamação na parede da artéria,gerando hipertensão e fibrose na mesma,que deixa de pulsar,movimentando o sangue.
A hipertensão força o coração a trabalhar mais,causando hipertrofia (aumento de tamanho),porém as válvulas cardíacas não acompanham este crescimento,acarretando em sopro.Todas as alterações levam a não circulação correta do sangue causando anóxia (falta de oxigênio) no fígado,gerando insulficiência hepática.
O sangue parado nas veias resulta em extravasamento de líquidos para os tecidos do animal (Edema).
Os vermes levam à formação de trombos (Espessamento do revestimento das veias devido à resposta imunológica) estes trombos podem se soltar e entupir as veias.
Estes sintomas variam quanto ao grau de infecção,podendo animais sem muitos vermes não apresentarem sintomas.
O diagnóstico baseia-se nos sinais clínicos e por exame de sangue,onde deve-se procurar pelas microfilárias no sangue.
Caso seja diagnosticado filarióse,não se deve aplicar grandes doses de vermífugo,uma vez que os vermes morrerão dentro das veias,podendo então entupi-las,levando o cão à morte.
A aplicação de Anti-helmíntico deve ser gradual.
Há prevalência do parasitismo em áreas litorâneas,onde há grande número de mosquitos transmissores,porém a doença não restringe-se ao litoral,regiões montanhosas tem considerável importância.Não há grande incidência da doença em São Paulo

Caso leve seu cão à praia recomenda-se administrar vermífugo 1 mês após a volta,enquanto as larvas ainda estão se desenvolvendo nos tecidos subepiteliais.

quarta-feira, 4 de maio de 2011

Curso de Ortopedia e traumatologia

Dia 20,21 e 22 de maio vai ter o Curso Internacional de Ortopedia e Traumatologia em animais de companhia em Botucatu!
vamos nos encontrar lá? ;]